• A Companhia
  • GLP
  • Produtos e Serviços
  • Responsabilidade Social e Ambiental
  • Comunicação
  • Privacidade e Termo de Uso
  • Contatos
  • Acesso à Informação
O Botijão e o GLP
O botijão de uso doméstico tem capacidade para 13kg de GLP. É fabricado segundo norma NBR 8460 da ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas. Possui dispositivo de segurança que, em caso de aumento da pressão interna, libera o GLP impedindo que ocorra uma explosão do vasilhame.

 

Os componentes básicos para instalação com segurança do botijão de gás são:

 

1) Mangueira: o tipo padrão é de plástico PVC transparente, trançada, com tarja amarela, exibindo a inscrição NBR 8613, o prazo de validade (5 anos) e o nome do fabricante. Seu comprimento pode ser de 80cm, 1m ou 1,25m. A mangueira não deve passar (nem encostar) pela parte de trás do fogão, já que a temperatura nessa região é alta (devido ao forno). Quando isso ocorrer, consulte uma assistência técnica credenciada para que seja feita a troca de entrada da mangueira em seu fogão. A maioria dos modelos tem esse recurso. As mangueiras também podem ser de borracha ou metalizadas, desde que apropriadas para o uso de GLP.

 

2) Abraçadeiras: servem para fixar a mangueira no fogão e no regulador de pressão de gás do botijão. Nunca use arame, esparadrapo ou outro material no lugar de abraçadeiras.

 

3) Regulador de pressão de gás: tem como finalidade reduzir a pressão e regular a vazão do gás do botijão para a chama nos queimadores, permitindo a utilização total do produto. No regulador, deve constar a gravação do código do INMETRO e o prazo de validade de 5 anos. Pelo regulador, passam vários elementos químicos presentes no GLP e, por conta disso, pode ocorrer um desgaste natural das suas partes internas. Portanto, preste atenção e troque o seu regulador a cada 5 anos, conforme deve constar na sua embalagem e manual de instalação e operação.

 



Como se encontra o GLP dentro do botijão?

 

Dentro do botijão, o GLP encontra-se parte no estado líquido e parte no estado gasoso. Conforme o produto é utilizado, o líquido vaporiza gradualmente e como conseqüência, aumenta a quantidade de gás, e diminui a quantidade de líquido.
A parte líquida sempre está na parte inferior do botijão. Na parte superior do botijão existe um dispositivo de segurança e uma válvula de saída de gás, caso contrário, poderá ocorrer a saída de líquidos pela válvula.
Por esse motivo, não devemos nunca transportar ou utilizar um botijão que não seja na posição vertical (o regulador só funciona na fase gasosa do GLP).

 

Copyright © 2008 Liquigás Distribuidora S.A. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade Design by